sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Dior for ever: a saga Dior em uma centena de páginas

Dior for ever é uma verdadeira antologia publicada pelas edições Larousse. Lançada na última quarta-feira, a obra, escrita pela historiadora de moda Catherine Örmen, traça em uma centena de páginas a história de Christian Dior, desde sua infância em sua florida casa de Granville à criação de sua maison em 1946 e aos sucessos emblemáticos que se seguiram, como a linha 8, o rouge Dior, ou ainda o perfume Eua Sauvage.



Dior for ever não se limita à morte do costureiro em 1957. O livro também rende homenagem aos diferentes directores-artísticos que souberam repaginar a imagem da maison, sem trair sua identidade. A começar por um certo Yves Mathieu Saint-Laurent, primeiro assistente de Christian Dior, que assumiu as rédeas da maison na morte do criador. Marc Bohan, Hedi Slimane, John Galliano, Raf Simons e Kris Van Assche também se encontram presentes na obra.

Sem comentários:

Enviar um comentário