quarta-feira, 31 de julho de 2013

A transformação dos clichés em clichés


Cliché é um chavão. É uma coisa comum, repetida tantas vezes que se tornam banais e previsíveis. O brasileiro Gustavo Piqueira, com mais de 200 prémios de design gráfico à frente da Casa Rex, pegou no significado original da palavra "cliché" (na indústria da impressão, o cliché é uma chapa metálica que traz gravada em relevo a reprodução de uma composição tipográfica ou de uma imagem destinada à impressão) e criou o volume "Clichês Brasileiros" (Ateliê Editorial).
Utilizando apenas imagens de um antigo catálogo brasileiro de clichês tipográficos, Gustavo Piqueira compõe uma inusitada narrativa visual contemporânea. Essas matrizes, gravadas em madeira ou metal, serviram agora para contar a história do Brasil, recheada de clichés: a chegada dos portugueses, a catequização dos índios, os ciclos do café e do ouro, os engarrafamentos, as dívidas, os condomínios fechados e a alienação. O livro possui 112 páginas e tem uma tiragem limitada de mil exemplares numerados. As ilustrações estão maravilhosas. Aconselho a uma vista de olhos!


















Sem comentários:

Enviar um comentário