segunda-feira, 18 de março de 2013

Festa do cinema italiano começa esta quarta-feira em Lisboa

A sexta edição de "8 ½ Festa do Cinema Italiano" decorre entre os próximos dias 20 e 28 deste mês, em Lisboa, tendo na programação uma selecção de produções cinematográficas da última temporada.



Numa edição marcada pela passagem do evento para o Cinema São Jorge o cartaz apresenta uma mostra das melhores longas – metragens (em competição e fora de competição) produzidas ao longo da última temporada em Itália; ciclos de retrospectiva  e uma homenagem aos 50 anos de 8 ½ de Federico Fellini e de Il Gattopardo, de Luchino Visconti (Amaracord). A grande novidade este ano ano a nível de estrutura de programação, é o lançamento da secção Altre Visioni, composta por obras que reflectem uma abordagem singular à linguagem cinematográfica.

Para a sessão de abertura foi escolhido "Romanzo di una strage", de Marco Tullio Giordana, o realizador de "A Melhor Juventude", que vem a Lisboa apresentar o seu mais recente trabalho, num encontro agendado para dia 21, às 21h30, na sala Manoel de Oliveira, no Cinema São Jorge.

No dia seguinte, sexta-feira, tem início o ciclo "Mani in Alto!", pelas 21 horas, no Teatro do Bairro, uma retrospectiva do cinema italiano dos anos 70, "que revisita estulos cinematográficos como o 'poliziottesco' e o 'spaghetti western'", destaca a organização do evento. Durante este ciclo serão apresentados filmes como "Milano Calibro 9", "Keoma" e "Milano Odia: la polizia non puó sparare".

No domingo será exibido no Ritz: "Il Gattopardo", de Luchino Visconti, em cópia restaurada, inserido na secção Amarcord (às 17h30), e, duas horas antes é apresentado o documentário "Benfica - Torina 4 a 3", que "retrata o trágico acidente de avião que, em 1949, custou a vida à equipa do Grande Torino, que esteve em Portugal para participar num jogo amigável", sessão que, adianta a organização, contará com a presença de jogadores do Benfica.
A festa do cinema italiano "viaja" em Abril para outras três cidades portuguesas - Coimbra, Porto, Funchal e Loulé - e em Junho para Luanda.

É dado ainda espaço à música, com o concerto dos Calibro 35, banda inspirada nas trilhas sonoras dos policiais italianos dos anos 70. Haverá ainda lugar para a exibição de uma seleção de curtas numa sessão especial dedicada ao jovem autor Alessio di Zio.
Como já é hábito, a Festa do Cinema Italiano é ainda pautada por uma série de eventos (Dopo le 8 ½) , onde se incluem encontros, concertos, festas, cine-jantares e cine-aperitivos.


À semelhança do que aconteceu na passada edição, os espetadores do 8 ½ têm uma palavra a dizer, através do prémio do público, distinção que, a par do Prémio Oficial Rottapharm – Madaus - atribuído pelo painel dos jurados do 8 ½ - visa distinguir os filmes em competição.

Programa disponível aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário